Loading...

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

VARGAS 1930/1945 – LISTA DE ATIVIDADES (9º. Ano EFII)

VARGAS 1930/1945 – LISTA DE ATIVIDADES  (9º. Ano EFII)

 

1 .  Complete com V para verdadeiro e F para falso:

I . No início do século XX no Brasil, as condições de vida dos operários eram péssimas: baixos salários, castigos físicos nas fabricas extensas jornadas de trabalho, ou seja, não havia leis trabalhistas até a década 1930 quando Vargas chegou ao poder.  

II . O Governo Oligárquico  até 1930  mandava a polícia espancar os trabalhadores em suas manifestações por melhores condições de trabalho e de vida. A questão social era tratada como “caso de polícia”.

III . Com a Revolução de 1930, o Estado passou a se preocupar com a questão social, tanto que Vargas organizou as primeiras leis trabalhistas.

IV . Todos os militares apoiavam  a República Oligárquica.

I . (     )II . (     )III . (     )IV . (    )

 

 

2 . “...Por ocasião do recente movimento grevista, uma das reclamações mais insistentes dos operários era contra a exploração dos menores nas fábricas. (...) Entretanto, os industriais continuam a empregar menores em trabalhos impróprios. Entre eles, podemos citar nominalmente o Sr. (...), porque assistimos ontem a entrada de cerca de 60 pequenos as 19 horas, na sua fábrica da Mooca.. Trabalham, pois, 11 horas a fio, em serviço noturno, apenas com descanso de 20 minutos, a meia-noite! O pior é que elas se queixam de que são espancadas pelo mestre de fiação. Muitos nos mostraram equimoses nos braços e nas costas. Alguns apresentaram mesmo ferimentos produzidos por uma manivela. Uma há com as orelhas feridas por continuados e violentos puxões. Trata-se de crianças de 12,13 e 14 anos.” (In BOULOS Júnior, Alfredo. Historia do Brasil Vol.2 Ed. FTD SP 1995)

No contexto da crise da República Oligárquica que culminou (resultou) no processo que desencadeou a “Revolução de 1930” é incorreto afirmar que:

a) todos os setores urbanos, classe média, camponeses e proletariado industrial apoiavam o poder das oligarquias agrárias

b) burguesia reivindicava incentivo ao desenvolvimento industrial e maior participação política

c) o operariado pressionava por melhores condições de vida e de trabalho

d) as classes médias queriam maior atenção para a realidade urbana

e) os tenentes propunham reformas, como a instituição do voto secreto

Resposta: A (    ) B  (   )  C (    ) D (    )  E (    )

 

3 . (ENEM/adaptada)  A figura de Getúlio Vargas, como personagem histórica, é bastante polêmica, devido à complexidade e à magnitude de suas ações como presidente do Brasil durante um longo período de quinze anos (1930-1945). Foram anos de grandes e importantes mudanças para o país e para o mundo. Pode-se perceber o destaque dado a Getúlio Vargas pelo simples fato de este período ser conhecido no Brasil como a "Era Vargas".  Entretanto, Vargas não é visto de forma favorável por todos. Se muitos o consideram como um fervoroso nacionalista, um progressista ativo e o "Pai dos Pobres”, existem outros tantos que o definem como ditador oportunista, um intervencionista e amigo das elites.

Provavelmente você percebeu que as duas opiniões sobre Vargas são opostas, defendendo valores praticamente antagônicos. As diferentes interpretações do papel de uma personalidade histórica podem ser explicadas, conforme uma das opções abaixo. Assinale-a:

A) Um dos grupos está totalmente errado, uma vez que Vargas governou todo o períodde 1930 a 1945 em um regime democrático.

B) O grupo que acusa Vargas de ser ditador está totalmente errado. Ele nunca teve uma orientação ideológica favorável aos regimes politicamente fechados e só tomou medidas duras forçado pelas circunstâncias.

C) Os dois grupos estão certos. Cada um mostra Vargas da forma que serve melhor aos seus interesses, pois ele foi um governante apático e fraco - um verdadeiro marionete nas mãos das elites da época, sem apoio popular.

D) O grupo que defende Vargas como um autêntico nacionalista está totalmente enganado. Poucas medidas nacionalizantes foram tomadas para iludir os brasileiros, devido à política democrática do varguismo, e ele fazia tudo para agradar aos grupos estrangeiros como os EUA.

E) Os dois grupos estão errados, por assumirem características parciais e, às vezes conjunturais, como sendo posturas definitivas e absolutas. Ou seja, não se deve assumir posturas simplistas ao se referir a períodos históricos.

Resposta: A (    ) B  (   )  C (    ) D (    )  E (    )

 

4 . “Façamos a revolução antes que o povo a faça.” A frase, atribuída ao governador de Minas Gerais, Antônio Carlos de Andrada, deixa entrever a ideologia política da Revolução de 1930, promovida pelos interesses 

a) da burguesia cafeicultora de São Paulo, com vistas à valorização do café.

b) do operariado, com o objetivo de aprofundar a industrialização.

c) dos partidos de direita fascistas, no intuito de estabelecer um Estado forte.

d) das oligarquias dissidentes, aliadas ao tenentismo pela reforma do Estado.

e) da burguesia industrial, na busca de uma política de livre iniciativa.

Resposta: A (    ) B  (   )  C (    ) D (    )  E (    )

 

5 . A Europa dos anos 30 conheceu os extremismos resultantes do confronto ideológico entre os totalitarismos de esquerda e de direita. Eram representantes destes extremismos no Brasil:

a)
AIB – comunista e as oligarquias dissidentes – liberais.
b)
ANL – comunista e a AIB – nazi-fascista.
c)
Vargas – democracia e os tenentistas – ditadura.
d)
Oligarquias – ditadura e a ANL – nazi-fascista.

Resposta: A (    ) B  (   )  C (    ) D (    )  

 

6 . Sobre a Era Vargas (1930 a 1945), complete com V ou F:

I . Vargas chegou a presidência da República do Brasil em 1930  vencendo seu adversário Julio Prestes nas urnas.

II . Em 1932 os paulistas conduziram  uma guerra contra Vargas sendo a necessidade de uma constituição a principal justificativa.

III . Em 1934 Vargas venceu as eleições diretas, pois contou com o voto feminino e dos trabalhadores.

IV . Em 1937 Vargas foi deposto da presidência diante de um golpe realizado por João Pessoa e Washington Luis.

V. A economia neste período foi marcada pela presença do capital estrangeiro. 

I . (      ) II . (      )  III . (    )    IV .  (      ) ​V . (.    ). 

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário