Loading...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Dúvidas...


9o. ano EF – gabarito da unidade 7 (apostila 4)

9o. ano EF – gabarito da unidade 7 (apostila 4)


Cap. 1 – Dilemas da modernização na America Latina

p. 22

1 Complete o quadro com informações referentes ao processo de independência de Cuba.



1898 Torna-se independente da Espanha com auxílio norte-americano.

1956-1958 Período de guerrilhas e tentativas de tomadas do poder organizadas por Che Guevara.

1934-1958 Ditador Fulgêncio Batista no poder.

1959 Tomada do poder pelas forças de oposição. Fidel Castro assume o poder.

1961 Proclamado o regime socialista em Cuba. A Baía dos Porcos é invadida pelos Estados Unidos.

1962 Início do embargo comercial a Cuba liderado pelos Estados Unidos.

1991 Fim da Ex-União Soviética. A economia de Cuba sofre abalos.

1995 Fidel Castro inicia a abertura económica de Cuba.

2006 Fidel Castro é afastado do poder e substituído por seu irmão.





2 – 1ª coluna: a b c d

2ª. Coluna: c d a b

3 – Identifique os mandatos e principais ações dos presidentes da Argentina.

Raul Alfonsín - 1983-1989 - Iniciou processos para apurar as violações de direitos humanos ocorridas durante o regime militar, mas foi pressionado a paralisar tais processos com a "Lei do Ponto Final".

Carlos Menem - 1989-1999 - Seus primeiros planos para estabilização da economia falharam, mas em 1990 conseguiu reverter o quadro junto ao seu ministro da economia. Mudou a Constituição permitindo a reeleição e foi eleito para seu segundo mandato em 1994.

Fernando de La Rúa - 1999-2001 - Frente a uma crise econômica, congelou os gastos públicos e diminuiu os benefícios previdenciários. Fez um acordo com o FMI. Restringiu os saques bancários, medida que ficou conhecida com corralito. Renunciou devido à pressão popular.

Eduardo Duhalde - 2002-2003 - Extinguiu o corralito e fez novo acordo com o FMI.

Néstor Kirchner - 2003-2007 - Revogou as leis que anistiavam responsáveis por crimes cometidos durante a ditadura. Pagou integralmente a dívida do país com o FMI. Promoveu a recuperação econômica do país.



p. 23

1 - Durante a invasão dos Estados Unidos, a Igreja Católica, que era a maior detentora de terras e propriedades do México, aliou-se aos grandes proprietários de terras, impedindo a formação de um Estado nacional mexicano.

2 - Durante seu mandato, Allende nacionalizou as minas de cobre, as siderúrgicas, a extração de carvão e salitre e as telecomunicações. Estatizou bancos, ferrovias, as atividades de exploração de petróleo e de produção de energia elétrica. Aumentou o salário dos trabalhadores, reduziu o analfabetismo e deu início à reforma agrária.

3 - Os problemas estavam ligados à diminuição da safra de produtos primários; à insatisfação das classes dominantes; a medidas tomadas pelo governo, como o racionamento do consumo, o congelamento de salários e a revisão dos contratos de exploração dos recursos naturais por empresas norte-americanas; à morte de Evita Perón; e à crise entre o Estado e a Igreja Católica.

P . 24

1 - A imagem apresenta um homem vestido com uma roupa feita com as bandeiras dos países latino-americanos.

2 - O homem de cartola representa os Estados Unidos, pois seu chapéu contém os elementos da bandeira norte-americana. A roupa feita com bandeiras dos países Iatino-americanos mostra o poderio norte-americano sobre os demais.

3 - Resposta pessoal.

p. 25

1 - O objetivo é contrabalançar a influência do comunismo e dos movimentos subversivos.

2 - Contexto histórico é o da Guerra Fria.

3 – sete últimas linhas do texto.

4 - As Forças Armadas, fundamentadas na doutrina de segurança nacional, passaram a se responsabilizar pela segurança interna, além da defesa externa.

5 - As justificativas eram o desenvolvimento econômico, o progresso ou a modernização.

Cap. 2 – O Brasil entre ditaduras

p. 38

Sigla Nome do partido Características

PSD Partido Social Democrático Aliado das velhas oligarguias estaduais.

UDN União Democrática Nacional Antigetulista; defendia a não-intervenção do Estado.

PTB Partido Trabalhista Brasileiro Getulista, identificado com o nacionalismo e o sindicalismo.

PCB Partido Comunista Brasileiro Favorável ao regime comunista.

1 . Corretas:

A Constituição de 1946 estabeleceu o voto obrigatório para maiores de 18 anos, alfabetizados, de ambos os sexos.

Direitos como a livre manifestação de pensamento, de expressão e de associação, além da liberdade partidária, foram garantidos pela Consti¬tuição de 1946.

3 . Complete as seguintes frases:

Em 1945, Getúlio Vargas apoiou a eleição de Dutra. Em 1950 Vargas concorreu à presidência com outros três candidatos: Cristiano Machado, Eduardo Gomes e João Mangabeira. Ele venceu as eleições com 3,8 milhões de votos, o que o levou a afirmar que voltava ao poder pelos braços do povo

1 . Dutra liberou as importações, gastando as reservas econômicas com a importação de produtos supérfluos e provocando uma grave inflação. Posteriormente, favoreceu somente a importação de produtos essenciais à produção industrial. No entanto, os altos índices de inflação continuaram. Vargas criou a Petrobras, a Eletrobrás e o BNDES com o intuito de facilitar o desenvolvimento industrial e nacionalizar o refino do petróleo e a produção de energia elétrica.

p. 39

2 . Os trabalhadores urbanos, base de sustentação política de Vargas, estavam insatisfeitos com o aumento do custo de vida; a repercussão negativa, divulgada pela imprensa do atentado contra o jornalista Carlos Lacerda; a pressão feita pela Aeronáutica e pelo Exército.

3 . Jânio governava sem o apoio do Congresso Nacional e esperava que, com sua renúncia, acontecessem movimentos populares que o reconduzissem ao governo, com poderes ampliados. Isso, porém, não ocorreu.

4 . A construção de Brasília foi planejada por JK e idealizada pelo urbanista Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer. As obras da construção foram feitas por migrantes nordestinos, conhecidos como candangos, que chegaram a cerca de 65 mil. Havia grande dificuldade no transporte de materiais e máquinas devido à localização geográfica da cidade. A construção teve início em novembro de 1956 e a inauguração se deu em abril de 1960. A transferência da capital da República do Rio de Janeiro para a região central do país seria uma forma de garantir a segurança das fronteiras ocidentais, ainda despovoadas. Seria também uma maneira de impulsionar a economia de outras regiões do país, pois o desenvolvimento económico até aquele momento era incipiente em outras regiões do país e restrito à região Sudeste.

5 . Jango tinha propostas de reformas sociais, como a reforma agrária, que desagradavam as elites do país e, portanto, não seriam aceitas pelo Congresso. Para alcançar seus objetivos, o presidente instituiu-as por meio de decretos.

p. 40

1 Sim, ele se parece com o presidente Getúlio Vargas. Aparece vestindo roupa de gala para uma cerimônia.

2 Que se sente desconfortável com a roupa apertada e os movimentos limitados.

3 Refere-se à posse do presidente eleito indiretamente pela Assembléia.

p. 41

1- Sobre a criação de qual companhia trata o texto? Sobre a criação da Petrobras.

2- Nos transportes e na indústria.

3- Os gastos com a importação de petróleo significavam "dispêndios crescentes" e os recursos poderiam ser utilizados na compra de outras "utilidades estrangeiras".

4- Sua criação justificava-se pelas possíveis perturbações no comércio internacional de petróleo e pela escassez de recursos de que dispunha o Brasil para a compra do produto.

Cap. 3 – Brasil: da ditadura à abertura

p. 58

1 Preencha a ficha sobre o governo de Castello Branco:



Data de início e término 1964 a 1969

Política interna Com relação à legislação trabalhista, a estabilidade no emprego após 10 dez anos de serviço, prevista na CLT, foi substituída pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Melhorou as contas do país e controlou a inflação.

Política externa 0 governo tomou empréstimos dos Estados Unidos. Em troca concedeu facilidades às empresas estrangeiras instaladas no Brasil, como a permissão de que enviassem todo o lucro para o exterior.

2 Os investimentos na área de energia foram os mais importantes, como os relacionados às estatais Eletrobrás e Petrobras e o Proálcool.

3 a) 110,2% em 1980 e 15,5% em 1972.

b) 1 764,8% em 1989 e 57,4% em 1986.

c) Lançou o Plano Cruzado em 1986, congelando os preços e aluguéis, aumentou o salário mínimo e autorizou reajustes automáticos dos salários quando a taxa de inflação fosse superior a 20%. Como as medidas do plano não foram suficientes para barrar a inflação, interveio na economia diversas vezes, mas sem sucesso.

1 . Greves afetaram a economia nacional; foram criadas organizações políticas contra o regime militar, como a Frente Ampla; a Passeata dos Cem Mil e a decretação do AI-5.

p. 59

2 . Em 1974, Geisel propôs um projeto de abertura política "lenta, gradual e segura" e no mesmo ano, nas eleições legislativas, foi permitido aos partidos realizar campanhas no rádio e na televisão. O MDB conquistou a maior parte das vagas do Senado e na Câmara Federal. Em 1979, o AI-5 foi revogado. Em agosto de 1979, foi aprovada a Lei da Anistia; no mesmo ano uma nova lei eleitoral permitiu a organização de diversos partidos. Houve eleições diretas para governadores de estado em 1982. Em 1984, teve início a campanha "Diretas Já". Em 1985, foi escolhido por meio do voto indireto um presidente civil, Tancredo Neves. Em 1 986, foram realizadas eleições para os governos estaduais e para deputados e senadores da Assembleia Nacional Constituinte, que elaborariam a nova Constituição, que foi promulgada em 1988.

3 Porque, além de fazer as reivindicações relativas à condição de diversos setores da classe trabalhadora, o movimento sindical também fazia exigências quanto às liberdades políticas e democráticas de toda a população.

1 . A imagem mostra um cortejo fúnebre com carros militares e soldados passando por uma rua, acompanhado por um grande número de pessoas. Acima há uma faixa com os dizeres "Sempre estivemos de pé e de pé continuaremos na defesa da soberania nacional. Tancredo Neves".

p. 60

2 . Em 1985, Tancredo Neves foi o primeiro presidente civil eleito por voto indireto, após mais de vinte anos de ditadura militar. Como estava com problemas de saúde, não pôde tomar posse e faleceu em 21 de abril do mesmo ano. Quem assumiu a presidência foi o seu vice, José Sarney.

p. 63

1 – Vargas utilizava o futebol para fortalecer sua política populista, oferecendo ingressos para sindicatos e discursando antes de uma partida importante. Já o regime militar utilizou o futebol para despertar sentimentos nacionalistas e esconder o clima repressivo do país.

2 - Prisões, torturas e assassinatos de presos políticos.

3 - A glória dos tricampeões mundiais possibilitou aos brasileiros não sentirem mais vergonha de serem patriotas.

P . 64



México Porfírio Díaz 1876-1911 Ditador, proporcionou prosperidade econômica, mas causou revoltas por conta do regime autoritário e pela permissividade com relação às intervenções estrangeiras.

México Felipe Calderón 2006 até os dias de hoje Candidato da base governista, eleito em 2006, assumiu o poder mesmo diante de acusações de fraudes eleitorais.

Cuba Fulgêncio Batista 1934-1958 Ditador apoiado pelo governo norte-americano, foi deposto com a guerrilha liderada por Che Guevara e Fidel Castro.

Cuba Fidel Castro 1958-2008 Ditador, transformou Cuba em um país socialista, alinhou-se politicamente à ex-União Soviética; está afastado do poder por problemas de saúde.^

Chile Salvador Allende 1970-1973 Presidente do Chile gue governava segundo princípios socialistas, derrubado por um golpe militar.

Chile Augusto Pinochet 1973-1988 Ditador que liderou o golpe contra Allende; perseguiu adversários políticos; permitiu a entrada de capitais estrangeiros; deixou o poder após plebiscito que terminou com o governo militar.

Argentina Juan Domingo Perón 1943-1945 e 1951-1955 Presidente afastado por militares e reeleito, governava com base em uma política populista e nacionalista; deixou o poder após um golpe militar.

Argentina Néstor Kirchner 2003-2007 Presidente eleito, anulou leis que perdoavam crimes ocorridos durante a ditadura, renegociou e saldou as dívidas do país com o FMI.









p. 65



1ª. série – gabarito para o módulo O sistema colonial

1ª. série – gabarito para o módulo O sistema colonial


Tópico 1

p. 10 – 1) a e b - todas as informações solicitadas pela pergunta estão claramente expressas no enunciado

p. 11 – 2) A

3) 0 Estado português não soube reinvestir os lucros obtidos nos primeiros tempos da exploração colonial. Os reis gastaram em igrejas e prédios suntuosos o dinheiro que deveriam ter usado para consolidar o comércio e para iniciar o desenvolvimento das manufaturas. Dessa forma, deixaram escapar grande parte do que arrecadavam com a exploração de um vasto império colonial.

4) C

5 ) A



Tópico 2

p. 21 – 1) D

p. 22 – 2) a- Todas as mercadorias coloniais deveriam obrigatoriamente en¬trar na Espanha pelo porto de Cádiz.

b- Para evitar o contrabando de metais preciosos.

3) a-A autonomia política permitida aos colonos ingleses.

b- A autonomia política local, característica do self-government, foi o germe da organização federativa que persiste até hoje nos Estados Unidos.

4) A



Tópico 3

p. 33 – 1) D

2) As doenças propagadas pelos europeus; as guerras; a excessiva exploração do trabalho: a fome: a destruição dos valores culturais.



3) a-Exerciam dupla função: reafirmar a cultura indígena e resistir à exploração e à imposição da cultura européia.

b- Da união dos índios em torno da idolatria surgia a resistência que se opunha aos interesses espanhóis.



4) 0 aluno deve apontar detalhes do que lhe chama a atenção nas imagens e indicar que a primeira cria uma imagem favorável para a escravidão (escravos bem alimentados, bem vestidos, fazendo festa), enquanto a segunda apresenta uma imagem cruel, com pessoas subnutridas, praticamente nuas, cansadas etc.

5) Os castigos físicos serviam, sobretudo, para deixar bem claro a condição de submissão do escravo diante do senhor e para tentar dominar pelo medo aqueles que quisessem se rebelar.



Tópico 4

p. 44 – 1) C

2) O trecho é: "Os flamengos recolhiam o produto [açúcar] em Lisboa". Essa observação deixa claro que o fundamento do exclusivo comercial - que os colonos só podiam vender seus produtos aos comerciantes e navios portugueses - estava sendo respeitado, porque o açúcar saía do Brasil e chegava a Lisboa em navios lusitanos, somente então era recolhido pelos holandeses.

3) B

4) Portugal: entrou em crise econômica porque perdeu sua grande fonte de lucro, o açúcar produzido no Nordeste brasileiro; Brasil: perdeu a condição de principal produtor internacional de açúcar e viu iniciar o processo de empobrecimento dos senhores de engenho; Holanda: utilizando as técnicas aprendidas no Brasil, montou a agroindústria de açúcar nas Antilhas e ganhou o mercado internacional para o seu produto.

5) A



1ª. série EM – gabarito do módulo As questões religiosas na Europa e na América

1ª. série EM – gabarito do módulo As questões religiosas na Europa e na América




Tópico 1

p. 11 – 1) O frade defendia os princípios do cristianismo que pregavam a hu¬mildade e o desapego aos bens materiais, ao contrário do que acontecia com a Igreja Católica da Idade Média, quando padres viviam em grandes e luxuosas propriedades. Francisco de Assis passou a viver entre pobres e mendigos, questionando, assim, a forma de vida do alto clero.



2) O aluno deve perceber a oposição entre o papa, que procura defen¬der seu poder, que era milenar, mas que ele sabe que está sendo questionado, e o pensador (Ficino) que, retratando o espírito de sua época, levanta dúvidas sobre a legitimidade do poder da Igreja sobre toda a sociedade.



3) D

4) D

5) Os nobres presentes no Parlamento estavam interessados nas pro¬priedades da Igreja Católica dentro do Estado inglês. Se Henrique VIII confiscasse as terras católicas, provavelmente essas terras cai¬riam nas mãos da nobreza. Também interessava aos membros do Parlamento deixar de pagar os impostos cobrados por Roma.



Tópico 2

p. 19 – 1) E

2) As duas decisões têm relação direta com a afirmação: a proibição da venda de indulgências serviu para acalmar os ânimos contra a corrupção da instituição, enquanto a preservação do princípio da salvação pelas boas obras garantiu a continuidade da entrada de capitais por meio das doações dos fiéis.

3) 0 Tribunal da Inquisição (ou Santo Ofício) foi criado na Idade Média para julgar e punir as pessoas consideradas hereges. O Concílio de Trento reativou a Inquisição para perseguir os protestantes.

4) E



Tópico 3

p. 28 – 1) A Reforma na Inglaterra caracterizou-se peia perseguição promovida pelos anglicanos às outras religiões, como o catolicismo e o calvinismo. Os ingleses perseguidos por causa da sua crença religiosa vieram para a América, onde fundaram colônias de povoamento na Nova Inglaterra (atual Nordeste dos Estados Unidos).

2) 0 aluno deve perceber que nos dois casos existe o trabalho compulsório, mas os servos de contrato eram obrigados ao trabalho por um tempo determinado, previamente combinado, enquanto os escravos eram cativos até o fim da vida. Além disso, o servo não perdia sua condição humana, ao contrário do escravo que se transformava em mercadoria.

3) B

4) a-Colonização de povoamento; policultura: pequena propriedade; comércio interno.

b-Porque a organização política, no período da colonização, deu-se a partir das pequenas comunidades que povoaram o norte das 13 Colônias, criando uma tradição de obediência e valorização das leis regionais. Quando a União foi formada, foi necessário respeitar as organizações regionais para não haver conflitos e movimentos separatistas.



Tópico 4

p. 36 – 1) a-Tolerantes com a escravidão africana, os padres eram contra a escravidão indígena.

b- 0 aluno deve entender que, para os padres, os índios eram os futuros fiéis da Igreja, aqueles que aumentariam a população católica para compensar as perdas para o protestantismo; já o africano era tido como simples instrumento de trabalho, perigoso por causa de sua religião que sacralizava os elementos da natureza, prática considerada feitiçaria, e era bom que ficasse sob o controle do chicote, embora não se deva esquecer a luta de alguns padres (no Brasil, sobretudo Vieira; na América espanhola, Las Casas) para minimizar o sofrimento dos cativos.

2) Para a catequese, a importância dos colégios foi educar crianças indígenas que começavam a ser doutrinadas ainda pequenas. Isso facilitava a aceitação do catolicismo e da vida nas missões quando chegavam à idade adulta. Os colégios jesuítas formaram a base da educação no Brasil, uma vez que, durante os primeiros séculos da colonização do Brasil, eram as únicas escolas existentes. Muitos intelectuais brasileiros, como Gregório de Matos, foram formados pelos jesuítas.

3) A

4) a-As visitações eram os processos de investigação feitos pelos inquisidores que vinham para a colônia, em geral em decorrência de alguma denúncia de heresia.

b- Investigavam suspeitos de praticar o judaísmo ou atividades consideradas ofensa religiosa; mas a principal preocupação dos inquisidores era com a atitude moral dos colonos que, longe da metrópole, praticavam ações consideradas pecado, como o adultério, o homossexualismo ou a bigamia.



2ª. série EM – gabarito do módulo A nova ordem política e econômica: a divisão internacional do trabalho

2ª. série EM – gabarito do módulo A nova ordem política e econômica: a divisão internacional do trabalho




Tópico 1

p. 8 – 1) O aluno deve apontar a oposição entre o internacionalismo, com o qual se identificavam a burguesia e o proletariado, e o nacionalismo, defendido pelas camadas médias.



p. 9 – 2 ) D

3) 0 aluno deve indicar que se tratava da zona de livre comércio estabelecida entre Prússia e Hesen. Na atualidade, os blocos econômicos também se caracterizam como zonas de livre comércio entre os países-membros, embora o contexto capitalista de hoje seja muito mais complexo do que no tempo em que Prússia e Hesen firmaram aquele acordo.



4) Na Itália, a unificação teve participação de setores populares urbanos e rurais, embora para estes últimos o processo tenha resultado em frustração porque não houve divisão das terras, como esperavam. Na Alemanha, o processo foi realizado por parte da elite, sem a participação popular, e, sobretudo, caracterizou-se por seu aspecto militar.

Tópico 2

p.15 – 1) 0 aluno deve indicar as diferenças básicas. Norte: pequenas propriedades rurais, manufatura, trabalho livre, desenvolvimento do comércio e do mercado interno, formação de uma elite que tinha o objetivo de industrializar o país. Sul: grandes propriedades, monocultura voltada à exportação, trabalho escravo, formação de uma elite rural escravista e conservadora.



2 ) As principais transformações econômicas foram a grande ampliação territorial e o crescimento do setor industrial nos estados do Norte.



p. 16 – 3) Como os demais países, os Estados Unidos precisavam optar pelo bloco em que ingressariam no contexto da divisão internacional do trabalho: enquanto os estados do Sul queriam fazer parte do bloco dos países produtores e fornecedores de produtos agrícolas e de matérias-primas, os estados do Norte queriam ingressar no bloco dos países industrializados. A vitória do Norte na Guerra de Secessão determinou a inclusão dos norte-americanos no segundo grupo.



4) C



Tópico 3

p. 29 – 1) A divisão internacional do trabalho significou a divisão da economia mundial em dois segmentos: os países industrializados, produtores de bens de consumo e exportadores de capitais; e os países cuja economia depende da produção agrícola ou mineral, exportadores de produtos primários e que oferecem um mercado de mão-de-obra abundante e barato.

2) Internamente prevaleceram os interesses da elite agrária, que não queria perder a hegemonia política e os lucros provenientes da ex¬portação agrícola. Os interesses externos eram os dos países imperialistas, que precisavam da complementaridade econômica oferecida pelos países pobres.

3) a) Doutrina Monroe.

b) Essa doutrina pregava o lema "A América para os americanos"; seu principal objetivo era impedir a recolonização da América pelas metrópoles européias e permitir a intervenção militar dos Estados Unidos nos países latino-americanos.

4) D

5) É uma teoria criada nos Estados Unidos que defende a ideia de que "os norte-americanos foram escolhidos para governar toda a América". Na realidade, essa doutrina foi criada e difundida por motivações econômicas ligadas à corrida das potências mundiais pelo controle dos mercados.

6) Hearst praticamente criou o ambiente necessário para a eclosão da guerra ao influenciar a opinião pública norte-americana contra os espanhóis, utilizando artifícios como a criação de fatos inexistentes e versões deturpadas de alguns acontecimentos.



Tópico 4



p. 50 – 1) Como a missão de levar civilização para os povos que eles consideravam selvagens.

2) C

3) D

4) D

5) A Inglaterra provocou a Guerra do Ópio para ter uma justificativa de atacar militarmente a China e obrigar o governo imperial a aceitar a presença dos capitalistas ingleses no território chinês. Depois de vencer a guerra, a Inglaterra passou a vender ópio em grande quantidade aos chineses, o que se transformou numa poderosa arma de dominação, já que grande parte da população tornou-se dependente da droga e foi condenada à submissão química.

6) C