Loading...

segunda-feira, 14 de março de 2011

2a. serie EM – Atividades de História – Prof. Edvaldo Lopes

2a. serie EM – Atividades de História – Prof. Edvaldo Lopes




Objetivos: interpretar documentos históricos e textos; demonstrar competências leitora e escritora; apresentar domínio sobre conceitos históricos; argumentar com coerência e com base nos estudos realizados; compreender a seqüência didática Idade Média.



1 . “Segundo os principais teóricos e economistas, o capitalismo surgiu como um modelo econômico na transição do período medieval para a Idade Moderna. O capitalismo é, portanto, a superação do modo de produção feudal. Com ele, o comércio tornou-se a principal fonte de riqueza no mundo europeu naquele momento, deixando para trás um modelo econômico baseado exclusivamente na agricultura de consumo próprio ou de circulação restrita (limitado ou reservado).” Claudio Vicentino

A partir do texto e das análises da Idade Moderna e suas transformações, explique:

a) duas características do feudalismo na Idade Média.

b) uma diferença entre feudalismo e capitalismo



2 . “No feudalismo, o homem que trabalha a terra, sustenta o que reza e o que faz a guerra” Gilberto Cotrim

A partir do enunciado acima, podemos afirmar sobre a sociedade feudal:

a) Toda a população na Idade Media vivia em boas condições de higiene e moradia pois eram sustentados pelos servos.

b) Existiam três classes sociais no feudalismo: o povo que trabalhava, os servos que eram cavaleiros e os religiosos católicos que rezavam.

c) Havia plena igualdade na sociedade feudal pois todos seguiam os ensinamentos de Cristo.

d) O servo era muito bem remunerados pelos padres pois eram indispensáveis na estrutura da sociedade feudal.

e) O servo com o seu trabalho sustentava o grupo dominante composto por nobres e membro do clero.



3 . “O Sistema feudal é definido pelas relações servis de produção, em que o senhor é proprietário de terra e o servo depende dele devendo prestar-lhe serviços e entregando parte de sua produção.” Lucilia Santos Siqueira

“O sistema feudal foi uma forma de organização econômica, social, política e cultural baseada na posse da terra e não no comércio. Na economia feudal, a produção agrícola e artesanal tinha como objetivo atender apenas o consumo local. Não se produziam bens com o objetivo de vendê-los, ou seja, eles não eram destinados as trocas comerciais.” Nunes, Ruy A. da Costa



A partir dos excertos acima e de seus estudos aponte características da Idade Média, sendo uma política, uma econômica e outra cultural.



4 . (Unesp) Basicamente, a estrutura da sociedade feudal era formada por uma aristocracia proprietária de terras (composta pelo alto clero e pela nobreza) e por uma massa de camponeses que podiam ser servos (ou servos da gleba, presos a terra) ou vilões livres, porém não proprietários. Os camponeses eram dependentes do senhor que detinha o poder de proteger, de julgar, de punir e de arrecadar impostos. Estavam submetidos a uma série de encargos e sujeições, como as corvéias e as banalidades, o direito de consórcio e a impossibilidade de abandonar o domínio de seu senhor sem autorização.

Sobre a sociedade feudal, responda:

a) Com base no texto acima caracterize a servidão.

b) A partir do enunciado acima diferencie a servidão da escravidão.



5 . “Um sistema de organização econômica, social e política baseado nos vínculos de homem a homem, no qual uma classe de guerreiros especializados (...) subordinados uns aos outros por uma hierarquia (classes) de vínculos de dependência, domina uma massa camponesa que vive da terra e lhes fornece com que viver.” Jacques Le Goff

A partir do excerto acima, se pode afirmar sobre a sociedade feudal:

a) Toda a população na Idade Media vivia em boas condições de higiene e moradia, pois eram sustentados pelos servos.

b) Existiam três classes sociais no feudalismo: o povo que trabalhava, os servos eram cavaleiros e os religiosos católicos rezavam.

c) Havia plena igualdade na sociedade feudal, pois todos seguiam os ensinamentos de Cristo.

d) O servo era muito bem remunerados pelos padres, pois eram indispensáveis na estrutura da sociedade feudal.

e) O servo com o seu trabalho sustentava o grupo dominante composto por nobres e membro do clero



6 . (Fuvest) “No feudalismo, o homem que trabalha a terra, sustenta o que reza e o que faz a guerra. Segundo a mentalidade da época, a sociedade estava dividida porque Deus determinava diferentes funções para cada camada. Havia três camadas fixas (...)”

A estrutura básica da sociedade feudal exprimia uma distribuição de privilégios e obrigações. Caracterize as três ordens, isto é, camadas sociais que compunham essa sociedade.



7 . Segundo Boccacio: “poucos escaparam e quase todos morriam no terceiro dia após o aparecimento dos sintomas...”

O excerto se refere:

a) às cidades medievais que apresentavam boas condições de higiene não sofreram nenhuma crise no século XIV.

b) às péssimas condições de trabalho nas indústrias e a pobreza da população provocava a morte de todos os trabalhadores logo no terceiro dia.

c) doenças como a peste negra atingiram somente camponeses medievais, expulsando os camponeses para as cidades.

d) ratos, pulgas, piolhos e outros insetos transmitiam várias doenças, provocando epidemias e a morte de muitas pessoas na Europa.

e) às cidades da Baixa Idade Média eram locais limpos e saudáveis, daí o grande número de pessoas abandonarem os feudos e seguirem para esses locais.



8 . As Cruzadas se estenderam pelos séculos XI, XII e XIII, levando milhares de pessoas da Europa a se deslocarem em direção ao Oriente Próximo. Pode-se dizer que é(são) causa(s) dessas Cruzadas:

I. Aumento da população e da pobreza na Europa.

II. Ambições comerciais das cidades italianas (Gênova, Veneza, Pisa etc.)

III. Reunificação da cristandade.

IV. Liberação de rotas para o Oriente através de Constantinopla, que se encontrava sob domínio inglês.

Está(ão) correta(s):

a) apenas I e II. b) apenas III. c) apenas I, II e III.

d) apenas IV. e) I, II, III e IV.



9 . Chegou o dia em que o comércio cresceu, e cresceu tanto que afetou profundamente toda a vida da Idade Média. O século XI viu o comércio evoluir a passos largos; o século XII viu a Europa Ocidental transformar-se em conseqüência disso.

Leo Huberman

Assinale a alternativa relacionada ao texto anterior:

a) Os efeitos do Renascimento urbano e comercial foram sentidos simultaneamente em todo o território europeu.

b) O modo de produção servil foi imediatamente substituído pelo desenvolvimento de centros industriais e pelo trabalho assalariado.

c) A ampliação de novos mercados e centros urbanos contribuiu para a redução do crescimento demográfico e da migração.

d) A expansão marítima comercial européia, através da aliança dos reis com a burguesia, consolidou as relações mercantis na Ásia, Europa e América.

e) O Renascimento comercial trouxe o crescimento das cidades, a expansão do mercado e a ascensão de um novo grupo social.



10. “O Império Bizantino ou Romano do Oriente existiu durante a Idade Média, sendo-lhe cronologicamente coincidente”.

Sobre o tema, assinale a alternativa correta:

a) Seu período de maior esplendor e expansão ocorreu sob o governo de Justiniano, que mandou fazer a codificação das leis romanas.

b) Sua posição geográfica correspondia às terras da parte ocidental do Império Romano.

c) Apresentava excessiva descentralização política, o que enfraquecia os imperadores (baliseus).

d) A força da cultura romana fez com que o latim fosse língua de emprego geral.



11 . Para responder à questão, considere as seguintes afirmativas sobre o Império Carolíngeo, constituído a partir do reino dos Francos durante a chamada Alta Idade Média.



I. A dinastia carolíngia, a partir de Pepino, o Breve, no século VIII, buscou combater o poder temporal da Igreja através do confisco de terras eclesiásticas e da dissolução do chamado Patrimônio de São Pedro, na Itália.

II. A partir do reinado de Carlos Magno, coroado "imperador dos romanos" no ano de 800, a servidão enfraqueceu-se consideravelmente na Europa, pois o Estado impunha aos nobres a transformação dos servos da gleba em camponeses livres, para facilitar o recrutamento militar.

III. Apesar de procurar centralizar o poder, Carlos Magno contribuiu para a descentralização política no Império, ao distribuir propriedades de terras e direitos vitalícios entre os vassalos, em troca de lealdade e de serviço militar.

IV. O Tratado de Verdun, firmado entre os netos de Carlos Magno após esses guerrearem entre si, dividia o Império em três partes, que passavam a constituir Estados apenas nominais, devido à consolidação da ordem política feudal.



São corretas apenas as afirmativas

a) I e II. b) II e III. c) III e IV. d) I, II e IV. e) I, III e IV.



12 . Maomé, nascido em Meca, na Arábia, insatisfeito com o paganismo geralmente praticado na região, declarou ter visto o anjo Gabriel que lhe apresentara um texto com a ordem de recitá-lo. Considerando-se então o último e maior de todos os profetas, Maomé promoveu a conversão das tribos da Arábia. A era muçulmana caracterizou-se pela

a) divisão das esferas de poder político e de poder religioso, constituindo um Estado laico, onde porém a Igreja assumia um lugar privilegiado.

b) expansão territorial do Islã, que se fez inclusive às custas do Império Persa e do Império Bizantino, enfraquecidos por graves crises internas.

c) conversão forçada dos povos conquistados à nova religião do Islã, com a proibição dos cultos judeus e cristãos e o confisco de terras.

d) rejeição total à assimilação da cultura dos povos conquistados e das culturas antigas, em nome da verdadeira compreensão da palavra de Deus.

e) proibição das concentrações urbanas, do comércio e do desenvolvimento de novas técnicas de trabalho, considerados contrários aos preceitos do Corão.